... sobre mim e do dia a dia! ( http://kanubez14.hi5.com ) o resto :)

14
Mar 09

O tema que hoje vou abordar são as saídas à noite dos adolescentes.

Os prós, os contras e o porquê de haver alguns pais que não dão autorizaçao pra sair.

Como não podia deixar de ser, abordo sempre temas que se passam ao longo dos meus dias.

 

 

Ontem à noite tive o jantar de anos da I.R. em 'LRS' , avisei a Dona Minha Mãe com antecedência para dar tudo resultado e para ela ter tempo para pensar. Ontem à tarde lá me deu uma resposta e deixou-me ir
Fiquei feliz, pois era os anos de uma grande amiga minha. O que é certo, é que a Dona Minha Mãe não me deu horas de chegada. Claro que eu nao quis saber do limite quando saí de casa porque não queria vir quando as galinhas fossem dormir lol
Por volta das 22.30h o telemóvel toca , era a Mãezinha a perguntar como estava a correr a saída e pediu-me para não chegar tarde a casa. Então pensei, o saírei daqui às 00.00h.
E assim foi , fomos para a paragem. O autocarro passava de meia em meia hora... Perdemos o autocarro das 00.30h porque eu tinha-me esquecido de tirar os meus pertences da mala da I.S, e o motorista decidiu não esperar. Ou seja só teria autocarro à 01.00h. Entre esse tempo de espera a minha mãe volta a ligar-me a perguntar onde estava e eu disse a verdade. Que tinha perdido o autocarro e que so havia um à 01.00h! Como Mãe, estava preocupada e pediu-me por tudo para ter cuidado. Mas aconteceu o quase impossível... perdi o outro autocarro! O #!?*%!? do motorista lembrou-se de não parar mesmo quando nós já tinhamos feito sinal! Já estava a ver a minha vida a andar para trás... como ainda eramos muitos, a P.O decidiu pedir ao C. para nos vir buscar... E assim foi. Cheguei a casa já eram quase 02.00h. Levei um raspanete enorme da Senhora Minha Mãe como é óbvio. Conclusão, jurou-me qe não voltaria a deixar-me sair.

 

 

E agora vos pergunto... Se fossem pais com uma filha 16 anos, faria o mesmo?
Deixo aqui a questão...

 

publicado por Nary às 14:24
sinto-me: Proibida.

comentários:
Não!
Fazia pior! Tinha-a ido buscar, ou melhor se calhar tinha estado à porta do local (que não percebi se a Srª Dona Minha Mãe chegou a saber qual era?!!!) à espera dela, como os meus pais me faziam quando tinha essa idade.
No meu caso concreto, enquanto mãe, porque sou descarada era capaz de me colar!!!! Ou então era eu que propunha alternativas...
Mäyjo a 14 de Março de 2009 às 19:39

Que engraçado a Srª D.ª minha mãe fazia exactamente o mesmo que Srª D.ª MJ.
Mas eu prefiro assim sinto me mais segura.
Eu sou um bocado estranha em relação a isto pois normalmente os adolescentes querem espaço quando querem sair, não gostam de ter horas para chegar a casa(alguns), pois bem eu não, claro gosto de ter espaço mas estou me a referir espaço de ir para casa com amigos e assim.

SOU ESTRANHA, não sou
SVai a 16 de Março de 2009 às 11:32

Nestas situações é bom tentarmos pôr-nos no lugar do outro.
Já tive 16 anos e achava que nada podia correr mal, que era tudo imaginação da cabeça dos meus pais...
Agora com um rebento nessa faixa etária, a visão é outra: tenho receio que algo de mal lhe aconteça... e não é por não confiar!
Por vezes correm-se riscos desnecessários: num grupo em que se conhecem bem as pessoas os riscos são menores e se houver um esquema montado de "entregas" em casa fica tudo mais fácil e podemos "arriscar" um pouco mais!
Pensa nisso, com a colaboração de todos (pais, irmãos mais velhos e filhos) essas coisas são superáveis!
Vai correr melhor da próxima vez!
Mäyjo a 14 de Março de 2009 às 19:44

Se houver próxima vez... lol
Agora só devo voltar a sair quando for maior , e mesmo assim acho que vou ter sempre a minha mãe à perna.
Já é mau ser a 'filhinha' mais nova... e pior é ter irmãos que não me 'abriram o caminho' ...
Eu é que passo por rebelde, só pq os meus irmãos eram caseiros lol eu digo sempre que os tempos sao diferentes, mas a senhora dona minha mãe vem sempre com a conversa que nao foi assim à tanto tempo...
Custa um pouco saber que tenho amigas mais novas que eu que já vão para discos e tudo o mais, e eu nem sei o que isso é. E saber que nem sequer posso sair ao parque da cidade so por ser de noite.
É simplesmente aborrecido para mim, mesmo contando tudinho a minha mae.
Nary a 14 de Março de 2009 às 19:56

Não fiques triste, há-de chegar o tempo...
Depois vais-te divertir a dobrar!
Acredita que é verdade, não vais estar preocupada com coisas que agora estás e vai "saber" melhor!
Mäyjo a 15 de Março de 2009 às 19:27

Vais-me desculpar mas sim, fazia o mesmo ou pior até.
Ainda só tenho 27 e por isso não tenho filhos dessa idade, mas tenho irmãos e quando algo corre fora do normal e o horário não é cumprido também trato logo de telefonar ou de ir buscar ao local.
O que acontece é que normalmente a "história" nunca é bem como foi contada, há sempre um ou outro pormenor que o adolescente se esquece de contar aos país.
Eu sei porque também já fui adolescente. E os país, como também já foram, sabem que (por mais que digam que confiam nos filhos) convém não dar muita corda para esticar.
__________________________
http://kulcinskaia.blogs.sapo.pt/
Alexandre Kulcinskaia a 28 de Março de 2009 às 10:49

Numa coisa tenho sorte, tenho uma mãe espectacular a quem posso contar tudo, e quando digo tudo é mesmo TUDO. Não saltei nenhuma parte e contei todos os pormenorzinhos a ela.
Sei que abusei , mas tambem nao tinha quem me fosse levar e buscar. E se fosse assim , então nunca poderia sair.
Ela deu-me a mão, e eu quis o braço. Desde então ainda não saí. lol
Agora com as férias, vamos lá ver...
Nary a 28 de Março de 2009 às 13:07

Março 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
13

15
16
17
18
20
21

22
24
25
26
27
28

29
30
31


arquivos
2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


mais sobre mim
pesquisar